domingo, 17 de junho de 2018

O futebol de ontem e o de hoje

Começou a Copa do Mundo e, por isso, tenho tentado ver mais um pouco de futebol porque este hábito arrefeceu em mim nos últimos anos, principalmente depois daquele fatídico 10 x 1 nas finais da Copa aqui no Brasil.
E aí, com a minha participação no Facebook, posso ver como muitos amigos estão iguais a mim, ou seja, também desgostosos com os rumos que o futebol trilhou nos últimos anos.
O futebol, quando eu era criança, e pelo menos no Brasil, era um esporte totalmente popular. Tenho alguns exemplos a dar: em 16 de junho de 1950, ou seja, a exatos 68 anos, foi constru
ído no Rio de Janeiro o Maracanã, para abrigar a primeira Copa do Mundo disputada no Brasil. Um estádio onde cabiam 200 mil pessoas, de conforto relativo para quem tinha mais recursos e sem muito conforto para os menos favorecidos. Só que TODOS tinham vez na hora de assistir seu time do coração..
Concomitantemente na mesma época, surgiu a TV no Brasil, 
em 18 de setembro de 1950, trazida por Assis Chateaubriand que fundou o primeiro canal de televisão no país, a TV Tupi em São Paulo e em 20 de Janeiro de 1951, entra no ar a TV Tupi Rio de Janeiro. (Fonte: Wikipedia)
Só que era restrita às familias de posses. Nem todos tinham TV em casa. Na minha casa mesmo, a primeira TV surgiu em 1962/1963 e era uma TV de segunda mão... hehehehe
No final dos anos 50 já havia transmissão de jogos pela TV. Na barbearia de meu pai, em Miracema/RJ, havia um aparelho. Meu tio Edil, irmão de meu pai, além de barbeiro, mexia com conserto de rádios e montou no alto de um morro da cidade, uma repetidora de tv ligada diretamente com Nova Friburgo/RJ e por isso, aos domingos, dia de jogo do Campeonato Carioca, a barbearia virava uma festa... Repito que nem todos tinham televisão em casa....
E esse Maracanã enchia aos domingos para que os torcedores pudessem ver os craques desfilarem sua arte. Não havia campeonato brasileiro ainda, somente a Taça Brasil. 
Quando a Taça Brasil começou a ser disputada, entretanto, devido a questões econômicas, de transporte e de calendário, esta competição contemplava, geralmente, apenas as equipes campeãs estaduais, além de seu campeão do ano anterior. Em 1967, como o Brasil já se encontrava um pouco mais estruturado, tendo meios de transporte melhores, foi possível ousar em um campeonato mais integrado, surgindo assim, o Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata, que tornou-se na primeira competição nacional a englobar os principais clubes brasileiros.

Porém, devido a grande popularidade do futebol no Brasil, o governo militar enxergou uma excelente oportunidade para promover o ufanismo e a imagem de integração nacional, passando a intervir regularmente no esporte. Colocando, na prática, o futebol no ambicioso Plano de Integração Nacional (PIN).No decorrer desse processo político, surge em 1971, um novo torneio, o Campeonato Nacional de Clubes, que viera com a proposta de englobar times de todas as regiões do País. Este novo certame ficaria conhecido, a partir de 1974, como sendo a primeira edição do Campeonato Brasileiro, excluindo a versão anterior.(Fonte: Wikipedia)
E nesse meio tempo foram sendo reformados/construídos os grandes estádios brasileiros como o Mineirão, Morumbi,etc
Sempre cheios....
Com o tricampeonato mundial, o Brasil se tornou o centro do futebol do mundo

Times cheios de craques - que também já eram vendidos para Europa - que desfilavam nas tardes de domingos pelos estádios lotados. O foco dos times era forjar o craque em casa para colocá-lo no time principal. Hoje o negócio é vendê-lo logo.
Aí começa a mudança quando o mundo se tornou realmente a "aldeia global" do McLuhan... computador/internet/redes sociais etc... hehehehe

Os jogadores foram sendo vendidos ainda jovens, vimos surgir o futebol de resultados - muito trabalho em detrimento da arte -  o "futebol video-game" , que ouvi o Flávio Gomes falar uma vez, a meu ver, com toda razão, chegando aos dias de hoje...
Onde não existem mais nem os apelidos: ao invés de Garrincha, Pelé, Didi, Vavá, Tostão, Zico,Pepe, Tite, Cacá, Fefeu, etc, etc ... temos Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, Thiago Silva, Neymar, Renato Augusto, etc...

Tem alguém com apelido nessa seleção ??? 
Tem alguém com apelido no atual time do Flamengo ? 
Time mais popular do País ???

"Coisa feia, apelido" .....hehehehehe

E fecharam o caixão com a construção das Arenas, que desvirtuaram o popular dos estádios, tudo nos moldes da FIFA, aumentaram consideravelmente o preço dos ingressos impedindo a patuléia de ver seu time jogar ao vivo.

Aí vem a explicação:

"As arenas são caras.. os salários também... temos que cobrar muito ou dar a sorte de formar um Gabriel Jesus e/ou Vinicius Jr para vendê-lo rápido e fazer dinheiro...."


O "futebol-negócio" em detrimento ao "futebol diversão esportiva"


A coisa chega ao ponto da gente ler uma entrevista de um ex-dirigente do Flamengo, o tal do BAP, onde ele dizia:

"O Flamengo prefere o Maracanã com 6 mil torcedores a R$.100,00 do que 60 mil torcedores a R$.10,00. Quem não tem dinheiro que veja pela TV"

Bem, ele é (ou era) diretor da SKY... hehehehe

Era assim....




Ficou assim, mesmo com bom público...




Frequentei o Maracanã semanalmente, de 1969 até 1976. Estive em 1969, nas eliminatórias da Copa do Mundo de 1970... este jogo aqui . Oficialmente, 183.341 pessoas pagaram ingresso para ver a partida e este é, o recorde do Maracanã (que nunca mais será batido, diga-se) e o jogo de maior público da história da Seleção Brasileira em todos os tempos. Só que havia mais gentes, os "penetras".... hehehehehe.
Eu via, nos finais de semanas, as mesas redondas, gravava jogos no video cassete (tenho mais de 200 fitas sobre futebol aqui em casa). Hoje faço mais nada disso.

Aliás, hoje eu andei vendo um pedaço de mesa redonda do SporTv e ouvi um comentarista dizer que o Philippe Coutinho seria o "man of the match"... hehehehe

Mas tá certo, hoje a galera que acompanha futebol entende inglês perfeitamente... afinal acompanham a "Champions League".... hehehehe

Embora exista um comercial no mesmo canal (acho que da Claro) que mostra brasileiros no exterior querendo acessar a net e que pedem ao garçom "la senha" (ao invés de "password")... o garçom entende "lasanha"... hehehehe

Lembra aquela piada antiga em que um jogador da seleção chegou na Inglaterra e, querendo comer ovo, pediu perguntou ao garçom:

- Tem "eggs" ?

O garçom fez sim balançando a cabeça e trouxe 10 ovos pra ele. 

Acho que esse comercial foi baseado nessa história... hehehehe 

Futebol tem mais nada de popular no seu contexto : arenas que se parecem uma com as outras (o jogo da Rússia parecia estar sendo jogado na Arena Pantanal, tal a semelhança arquitetonica), os jogadores com penteados espetaculares, fora de campo lançando moda, tatuagem em todo corpo e, na seleção brasileira, só conhecidos pelos que acompanham mesmo o futebol diariamente. Muitos não sabem quem são eles... onde jogam, de onde vieram...


Se perdem feio, como em 2014, voltam pra Europa numa boa porque o compromisso com a torcida brasileira é zero... afinal, não enfrentarão Maracanã/Morumbi/etc lotados para ouvirem as cobranças dos torcedores contrários... não assistirão às mesas redondas. Restarão as redes sociais, mas essas lerão se desejarem. Não enfrentar Arena lotada seria impossível.. só se parassem de jogar bola.

Me lembro de como o Zico sofreu depois de ter perdido aquele pênalti em 1986.
Mesmo que tenha marcado na hora da disputa final. Imprensa e "arco-íris" não perdoaram... era todo dia de jogo do Flamengo. O tal do Juarez Soares da mesa redonda da Tv Bandeirantes então...Nunca me esqueço...

Mas isso é o que EU sinto... não estou criticando quem gosta de vestir a camisa do Barcelona em detrimento à do Flamengo e/ou Corinthians...
É, provavelmente, pela minha idade e por ter vivido os dois momentos: o antigo e o novo...


Pra encerrar, duas músicas que retratam bem tudo isso que falei...

A primeira sobre os apelidos. Hoje é muito comum a galera colocar nomes estrangeiros na molecada e encher de "pp","nn","y","k", etc.etc... como Philippe





Hot-dog Latino

Juraildes da Cruz

Povo da minha terra
Tá inventando moda, Tá achando bom
Ninguém quer se chamar João
É Bill Clinton e Alain Delon

Se Maria se chamasse Brooke Shields
Micael, Jade, São José
Mary seria nome de valor
E Michael Jackson Zé

Os meninos do interior
Não quer se chamar José
É Michael Douglas, Leonardo DiCaprio
De Botinão no pé

Joaquim já deixou de ser Quincas
Diz agora é Rockfeller
Foi pra Santa Fé embarcou no whiskey
Tá querendo ser cumpadi de Mike Jagger
Haroldo e sua jega
Quer se chamar Arnold Schwarzenegger

Povo da minha terra
Tá inventando moda, Tá achando bom
Ninguém quer se chamar João
É Bill Clinton e Alain Delon

Se Maria se chamasse Brooke Shields
Micael, Jade, São José
Mary seria nome de valor
E Michael Jackson Zé

Cadê Herculano?
Tá rebatizando Jovelino
Mane filho de Gertrude
Agora é Joy Boy Boy-Bye menino

Pra Florida todo ano
Com Smith filho de Leobino
Só come diet só bebe light
Mas é um hot dog latino
Até meu cachorro caçador
Quer se chamar Farofino

Povo da minha terra
Tá inventando moda, Tá achando bom
Ninguém quer se chamar João
É Bill Clinton e Alain Delon

Se Maria se chamasse Brooke Shields
Micael, Jade, São José
Mary seria nome de valor
E Michael Jackson Zé

Good Morni seu Raimundo
Meu breakfast é cuzcuz
O workshop dos tupiniquins é
Proteger os caititus

Tatu de paletó e gravata
É bravata Luizinho
Mas é direito do jabuti
Querer se chamar Paul Newman
Mesmo que fique parecendo
Vitrô no rancho de capim

Povo da minha terra
Tá inventando moda, Tá achando bom
Ninguém quer se chamar João
É Bill Clinton e Alain Delon

Se Maria se chamasse Brooke Shields
Micael, Jade, São José
Mary seria nome de valor
E Michael Jackson Zé

Good Morni seu Raimundo
Meu breakfast é cuzcuz
O workshop dos tupiniquins é
Proteger os caititus

Tatu de paletó e gravata
É bravata Luizinho
Mas é direito do jabuti
Querer se chamar Paul Newman
Mesmo que fique parecendo
Vitrô no rancho de capim

O Letisgo, Vem cá Letisgo
Que Letisgo o que rapaz, você nunca viu filme americano não?
O nome do menino é Let’s go

********************

A segunda é em relação à indiferença dos poderosos em relação àqueles que constroem. Por exemplo, a torcida fez do Flamengo o mais popular, mas agora, com a elitização do futebol, ela foi excluída das "arenas" por causa do preço dos ingressos.




Cidadão
Zé Geraldo

Tá vendo aquele edifício moço?
Ajudei a levantar
Foi um tempo de aflição
Eram quatro condução
Duas pra ir, duas pra voltar
Hoje depois dele pronto
Olho pra cima e fico tonto
Mas me chega um cidadão
E me diz desconfiado, tu tá aí admirado
Ou tá querendo roubar?
Meu domingo tá perdido
Vou pra casa entristecido
Dá vontade de beber
E pra aumentar o meu tédio
Eu nem posso olhar pro prédio
Que eu ajudei a fazer

Tá vendo aquele colégio moço?
Eu também trabalhei lá
Lá eu quase me arrebento
Pus a massa fiz cimento
Ajudei a rebocar
Minha filha inocente
Vem pra mim toda contente
Pai vou me matricular
Mas me diz um cidadão
Criança de pé no chão
Aqui não pode estudar
Esta dor doeu mais forte
Por que que eu deixei o norte
Eu me pus a me dizer
Lá a seca castigava mas o pouco que eu plantava
Tinha direito a comer

Tá vendo aquela igreja moço?
Onde o padre diz amém
Pus o sino e o badalo
Enchi minha mão de calo
Lá eu trabalhei também
Lá sim valeu a pena
Tem quermesse, tem novena
E o padre me deixa entrar
Foi lá que cristo me disse
Rapaz deixe de tolice
Não se deixe amedrontar

Fui eu quem criou a terra
Enchi o rio fiz a serra
Não deixei nada faltar
Hoje o homem criou asas
E na maioria das casas
Eu também não posso entrar

Fui eu quem criou a terra
Enchi o rio fiz a serra
Não deixei nada faltar

Hoje o homem criou asas
E na maioria das casas
Eu também não posso entrar

************************

terça-feira, 12 de junho de 2018

Hoje fiquei muito feliz

Hoje fiquei muito feliz ao ser convidado pela direção da Escola Estadual Deputado Bertoldo Freire para uma palestra sobre a história do município, em relação à minha participação nos acontecimentos desde que aqui cheguei, em 1977.
Afinal São José dos Quatro Marcos completa 51 anos de existência agora  no próximo dia 15 de junho
Fui extremamente bem recebido pela garotada e pelas responsáveis pelo evento.
Espero ter agradado nessa minha conversa com os alunos. Era pra ser uma hora e acabou durando quase duas, tantas as coisas pra falar e pra mostrar em termos de fotos e vídeos.
Infelizmente, mesmo tendo avançado no tempo, não deu pra mostrar tudo.
Mas gostei MUITO. Eles fizeram perguntas, riram muito com algumas histórias e me aplaudiram bastante no final.
Nada apaga este prazer que senti. Obrigado à direção da Escola pelo convite.
Sempre estarei à disposição de vocês para o que for preciso...
Seguem algumas fotos do evento...

O café da manhã que foi servido pra galera...
  





 Fotos da palestra.....









Encerramento...


Eu com a minha obra que me orgulha tanto...

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Cérebro eletrônico....

Rolava 1969... corrida espacial... início da cibernética... e o cérebro eletrônio...
Me lembro de um Centro de Processamento de Dados que havia em Niterói em frente a Rodoviária... um prédio inteiro... nunca entrei lá pra ver como era lá dentro... Imaginem o tamanho do(s) computador(s) - ou cérebro eletrônico - que devia ter por lá... hehehehehe
Vivi tudo isso... Copa de Mundo de 1970 ao vivo e a cores com as transmissões via satélite... um avanço.... hehehehe
Hoje, tudo na palma da mão através dos smartphones... hehehehehe
Mas, então o Gilberto "Gênio" Gil, lança diversas músicas falando sobre o tema...
.
Uma delas é esta aqui...


A letra... e a análise dela vocês podem ver neste link aqui

Antes, em 1967, com a corrida espacial, ele havia lançado esta aqui :



Letra e análise da música neste link aqui

Depois, mais pra frente, ele continuou a falar sobre o tema....

Este disco Louvação aí é, pra mim, um marco da MPB....

Curtam...

sábado, 29 de outubro de 2016

Razões do coração !!!



"...Quem um dia irá dizer que existe razão

Nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer
Que não existe razão?..."

"...
Há um alguém na multidão

Que vai lhe adorar com devoção. 
Há um alguém na solidão
Que vai lhe entregar com amor 
O seu coração. .."

Estava ouvindo "Eduardo e Mônica" ,do Renato Russo, e fiquei pensando como o amor chega sem esperar e não exige condições...

Me lembrei de outro sucesso antigo, do tempo da Jovem Guarda, "Alguém na Multidão", do Rossini Pinto, sucesso dos Golden Boys...

Quem é mais velho como eu se lembra do sucesso que foi... hehehehehe

O amor aparece quando a gente menos espera... é ou não é....

Aqui as duas músicas para vocês curtirem....

A mais antiga....




ALGUÉM NA MULTIDÃO
(Rossini Pinto)
Golden Boys

Se você perdeu um amor como eu,
Alguém que você nunca jamais entendeu,
Pra que lamentar o que aconteceu,
Há um outro alguém esperando você.

Há um alguém na multidão
Que vai lhe adorar com devoção. 
Há um alguém na solidão
Que vai lhe entregar com amor 
O seu coração. 

Se a vida tem sido má pra você, 
Se o destino ingrato lhe faz padecer,
Não chores nunca mais!
Você vai ser feliz!
Ouça com atenção estes versos que eu fiz: 

Há um alguém na multidão
Que vai lhe adorar com devoção. 
Há um alguém na solidão
Que vai lhe entregar com amor 
O seu coração.

************************************

Agora a do Legião Urbana.... um belo vídeo.... pena que é um comercial da VIVO, mas vou postar assim mesmo porque é muito legal...

Nada mais diferente do que o jeito de cada um... os gostose/ou manias dele e dela "nunca poderiam dar certo"

Pois é....




Eduardo E Mônica

Compositor: Renato Russo


Quem um dia irá dizer que existe razão

Nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer
Que não existe razão?

Eduardo abriu os olhos mas não quis se levantar
Ficou deitado e viu que horas eram
Enquanto Mônica tomava um conhaque
No outro canto da cidade
Como eles disseram

Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Foi um carinha do cursinho do Eduardo que disse
- Tem uma festa legal e a gente quer se divertir
Festa estranha, com gente esquisita
- Eu não estou legal, não aguento mais birita
E a Mônica riu e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
- É quase duas, eu vou me ferrar

Eduardo e Mônica trocaram telefone
Depois telefonaram e decidiram se encontrar
O Eduardo sugeriu uma lanchonete
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard
Se encontraram então no parque da cidade
A Mônica de moto e o Eduardo de camelo
O Eduardo achou estranho e melhor não comentar
Mas a menina tinha tinta no cabelo

Eduardo e Mônica eram nada parecidos
Ela era de Leão e ele tinha dezesseis
Ela fazia Medicina e falava alemão
E ele ainda nas aulinhas de inglês
Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
De Van Gogh e dos Mutantes
Do Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
E jogava futebol-de-botão com seu avô
Ela falava coisas sobre o Planalto Central
Também magia e meditação
E o Eduardo ainda estava
No esquema "escola, cinema, clube, televisão"

E, mesmo com tudo diferente
Veio mesmo, de repente
Uma vontade de se ver
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia
Como tinha de ser

Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia
Teatro e artesanato e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar
Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar
E ela se formou no mesmo mês
Em que ele passou no vestibular
E os dois comemoraram juntos
E também brigaram juntos, muitas vezes depois
E todo mundo diz que ele completa ela e vice-versa
Que nem feijão com arroz

Construíram uma casa uns dois anos atrás
Mais ou menos quando os gêmeos vieram
Batalharam grana e seguraram legal
A barra mais pesada que tiveram

Eduardo e Mônica voltaram pra Brasília
E a nossa amizade dá saudade no verão
Só que nessas férias não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo
Tá de recuperação

E quem um dia irá dizer que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer
Que não existe razão?

domingo, 16 de outubro de 2016

Surpresa agradável !!!!

"Homi-rapaz"... (quase)não vejo tv, Globo principalmente, e, portanto, só fiquei sabendo que havia uma novela chamada "Velho Chico" por causa da mídia e por causa da morte recente do ator...Então, tive a curiosidade de procurar a trilha sonora da novela... uma coisa que já havia desistido de procurar em relação a outras novelas já que o nível caiu muito... pra mim, claro... As trilhas sonoras das novelas da Globo já foram maravilhosas, tenho quase tudo (das antigas) gravadas aqui... Muita coisa boa...mas últimamamente.... "armaria mainha"... a coisa ficou feia... Então, pelo nome da novela, pelo local onde foi/está sendo feita caberia, pra mim, músicas melhores... Fui ver.... TEM ATÉ O MESTRE XANGAI CANTANDO ELOMAR .... "Incelença do amor retirante"...
Tem Alceu Valença, cantando aquelo do Geraldinho Azevedo .... "Moça Bonita"... Tem Geraldinho Azevedo.... Tem Geraldo Vandré.... E muitas outras coisas boas.... só que as rádios daqui não tocam... hehehehehehe Somente as trilhas sonoras que o povo gosta são divulgadas.... Pois é....

sábado, 8 de outubro de 2016

O Fantasma...



Eu tenho uns 500 celulares... maioria coisa velha... hehehehehe

Por causa disso eu coloco nome em cada um deles. Tem o Obina... Highlander... o Misha... o Pluto... o LABrizola... o Kalusha... o Sheeva...

Já existiram o Crestone... o Rububa... o Zulú... o Cielo... o LaRiquelme ...

O Vivo da Maria Helena não tinha nome... não tinha... hoje se chama "Fantasma"...

Há tempos que eu tento mudar de plano pré-pago para aquele outro, o Valoriza, porque eu esqueço de ficar colocando crédito e eles acabam quando a gente mais precisa...

Mas não consigo... nem pelo site... nem pelas lojas....

Pois bem... Hoje eu coloquei crédito nele. Juntamente com a mensagem do crédito veio outra me oferecendo a mudança de plano... no final dizia: ligue para o 0800... etc.etc.

Aí pensei: é hoje !!!!

Então liguei pro tal numero... QUATRO VEZES...

A primeira a ligação caiu... 

Na segunda vez, a moça não conseguiu resolver meu problema porque disse que o celular não existia (eu estava ligando do meu VIVO, que ainda não tem nome...hehehehe) eu reclamei com ela, que ficou emputecida e desligou na minha cara...

Aí, resolvi ligar do próprio celular e quando a outra moça atendeu a primeira coisa que eu perguntei foi o número do qual estava ligando... ela respondeu, certinho... quando falei o que queria ela me pediu pra esperar e quando retornou me disse que não poderia resolver porque o celular NÃO EXISTIA...

"Estou vendo aqui senhor, este celular não existe... há quanto tempo o senhor tem ele ???".... 


Respondi que tenho ele há 200 anos... aí ela colocou a culpa no chip... hehehehehehehe

Aliás, no Brasil é muito comum achar um culpado pras merdas que acontece...

Nos SACs da vida o culpado é SEMPRE o sistema:

"Ah! O nosso sistema hoje está.... "

"Ah! Aqui no nosso sistema...."

"Mas o nosso sistema está dizendo que..."

No dia-a-dia brasileiro de hoje a culpa de todos os males são Lula/PT/Dilma...

Um exemplo é o Facebook... Qualquer merda que acontece, até um peido mais fedido, você vai nos comentários e acha gente colocando a culpa neles... hehehehehe

Hilário !!!

E agora a VIVO arrumou outra culpa: o chip velho...

Ele faz/recebe ligações ....recebe recarga ($$$) como VIVO.... recebe mensagem oferecendo planos DA VIVO... mas a gente liga na VIVO e eles dizem, como o quarto atendente:

"É senhor... este telefone existe MAS NÃO É DA VIVO..."

Ele achou outra resposta pro batom na cueca.....E aí ????

É ou não é "O Fantasma" ??? "O espírito que anda" ???

Ops !!! Anda não: fala, recebe ligações, grana, mas ninguém vê....

Agora, quando a Maria Helena me ligar, irá aparecer a foto lá de cima na telinha do meu LG....


Puta merda !!!!


sábado, 1 de outubro de 2016

Era um garoto, que como eu....

Estava escutando uma música antiga que rolou no meado dos anos 60, fez um grande sucesso no mundo inteiro... era italiana (do Gianni Morandi e Franco Migliacci) e no Brasil foi gravada pel'Os Incríveis....grupo que fez grande sucesso naqueles tempos...Depois foi regravada pelos "Engenheiros do Hawaii" nos anos 90... Foi um hino daquela época em que (quase)o mundo inteiro protestava contra a Guerra do Vietnã.... Até nos EUA, que SEMPRE foram bélicos, resolvem seus problemas, até financeiros, na porrada (nos outros, claro) e se acham os donos do mundo...
Pensei nas Paralimpíadas onde muitos dos vencedores americanos eram mutilados de guerra... Pois bem, estou postando apenas para recordarmos e para mostrar aos jovens de hoje que não a conhece (deve haver) como a música que a garotada fazia/ouvia na minha época era "lutadora"... uma pena que mudou tanto nos dias de hoje, pois uma grande parte não se interessa nem pelas letras cantadas e também porque as letras... "armaria mainha" !!!! Mas vamos lá, relembrar, principalmente a frase final, forte à bessa, pelo menos pra mim, que vivenciei isso tudo na época: Stop! Com Rolling Stones Stop! Com Beatles songs No peito um coração não há Mas duas medalhas sim.... O interessante desta interpretação dos Engenheiros é que eles incorporaram ao arranjo, alguns sucessos da época dos militares (quando a bandeira do Brasil se abre), época do "ame-o ou deixe-o"... Curtam aí... e uma boa noite !!! Dê dois clicks em cima do vídeo...

domingo, 1 de maio de 2016

Mês de Maio....

Mês do Trabalhador... mês das mães... mês no qual pisei, pela primeira vez, em terras mato-grossenses...
Eu e meu velho amigo (que não vejo há anos) Dr.José Paulo Machado, médico em Miracema-RJ, minha cidade natal...
Engraçado como a vida nos presenteia com fatos coincidentes, nos quais pensei, depois de vir morar aqui...
Miracema é vizinha da cidade de Santo Antônio de Pádua, a qual pertenceu, uma distância de 14 km...
Quatro Marcos, quando cheguei, pertencia a Mirassol d'Oeste, também localizada a cerca de 14 km...
Miracema tem sua Festa maior em 3 de maio, data do município...
Aqui em Quatro Marcos, a Festa de São José Operário, realizada pela Igreja, era em 1º de maio... embora, que eu me lembre, esta data tenha sido escolhida pelo Padre George depois que chegou por aqui... 1978...
Se eu estiver errado, me corrijam... hehehehe
Infelizmente, acho que acabou esta tradicional festa... uma pena...
Portanto, o mês de Maio tem o seu lugar na minha vida, pois, há quase 40 anos me fez acreditar nesse lugar/estado que eu amo....
Então, nada melhor do que um, na época em que cheguei, mato-grossense, Almir Sater, pra reverenciar o mês...
Almir nasceu em Campo Grande-MS, mas em maio de 1977 o estado ainda não havia se dividido o que ocorreu em 11 de outubro de 1977, ou seja, um pouco menos de 90 dias após eu ter chegado por aqui...



"Boa terra, velha esfera, que nos leva aonde for

Pro futuro, quem nos dera, que te dessem mais valor..."

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Recebi há pouco este vídeo de um amigo.... emocionante pra quem tem 65 anos...


Poema de Jessier Quirino, de quem gosto muito, pra mim gênio...

VOU-ME EMBORA PRO PASSADO




Tres músicas que ele citou....

"Pata Pata" com Miram Makeba




"Papa oom mow mow" com Rivingtons 





"Dominique" com "The Singing Nun".... com o francês que estudávamos no colégio... 1963




Fora todo o resto, que me fez lembrar de minha infância em Miracema,RJ... da babearia/camisaria do meu pai que era um mini-shopping pois vendia desde roupas, até livros e perfumes/sabonetes, todos citados por ele...
Além da barbearia muito frequentada por gente de toda classe social, onde aprendi MUITO lendo jornais diários... assistindo discussões políticas e de futebol...
Lembrança dos carros, os primeiros fabricados no Brasil, os importados que eram usados como táxis na época...
Lindo e emocionante pra mim !!!!

terça-feira, 30 de junho de 2015

Mais um pitaco sobre o assunto do momento.....


A polêmica sobre a morte prematura de Cristiano Araújo... o debate "conheço-não conheço"... se merece mídia ou não... se era bom cantor ou não... o que é brega, o que é cult, o que é "de qualidade"... e a discussão sobre o abismo cultural brasileiro onde, mesmo em uma época de informação em tempo real, um grande número de pessoas parece desconhecer o que se passa fora de sua região... por desinteresse... por considerar sem importância uma coisa fora de seu contexto... me fez lembrar de uma música do início dos anos 80, chamada "Notícias do Brasil (Os pássaros trazem)" de Fernando Brant e Milton Nascimento.
Fernando Brant, um dos fundadores do Clube da Esquina, coincidentemente, se foi há pouco... As notícias sobre seu passamento foram rápidas... eu, particularmente, acho sua obra muito superior à do sertanejo... mas é apenas uma opinião.
Prestem atenção na letra que tem uma frase, dita em 1980/81, que define muito bem este desinteresse do "sul maravilha" - denominação criada pelo também mineiro e saudoso Henfil - pelo que se passa/se curte no "resto" do País....
"Ficar de frente para o mar, de costas pro Brasil...não vai fazer desse lugar um bom país!"




NOTICIAS DO BRASIL (OS PÁSSAROS TRAZEM)
Fernando Brant/Milton Nascimento


Uma notícia está chegando lá do Maranhão 
Não deu no rádio, no jornal ou na televisão 
Veio no vento que soprava lá no litoral 
De Fortaleza, de Recife e de Natal 
A boa nova foi ouvida em Belém, Manaus, 
João Pessoa, Teresina e Aracaju 
E lá do norte foi descendo pro Brasil central 
Chegou em Minas, já bateu bem lá no sul 

Aqui vive um povo que merece mais respeito 
Sabe, belo é o povo como é belo todo amor 
Aqui vive um povo que é mar e que é rio 
E seu destino é um dia se juntar 
O canto mais belo será sempre mais sincero 
Sabe, tudo quanto é belo será sempre de espantar 
Aqui vive um povo que cultiva a qualidade 
Ser mais sábio que quem o quer governar 

A novidade é que o Brasil não é só litoral 
É muito mais, é muito mais que qualquer zona sul 
Tem gente boa espalhada por esse Brasil 
Que vai fazer desse lugar um bom país 
Uma notícia está chegando lá do interior 
Não deu no rádio, no jornal ou na televisão 
Ficar de frente para o mar, de costas pro Brasil 
Não vai fazer desse lugar um bom país 

**************

Aí está esta obra prima da MPB... 

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Uma homenagem merecida


Meu pai era um ativista em relação ao futebol de Miracema-RJ... Foi Presidente do Clube Esportivo Miracemense... Presidente da Liga Desportiva de Miracema... Presidente da Associação Atlética Miracema...

Em Miracema existia na época uma quadra de esportes, sem cobertura e com piso de cimento, denominada Rink, onde eram disputadas partidas de futebol de salão... voleibol... basquete... e que era usada também para outras atividades....

Após sua morte a Prefeitura resolveu homenageá-lo e transformou o Rink em uma quadra coberta... e resolveu nomeá-la "Praça de Esportes Gerson de Alvim Coimbra"

O Prefeito era Dr.Salim Bou-Issa que era muito amigo de meu pai e a quadra
ficou muito bonita... Eu já estava por aqui mas fui visitá-la em uma das viagens a Miracema...

Depois, não sei porque, derrubaram o ginásio coberto e a quadra voltou a ser como era antes... hehehehehehe

Só não trocaram o nome... pelo menos até 2009, última vez que fui a Miracema, ainda havia uma placa por lá com o nome dele.... Tenho uma foto perdida dela e quando achar publicarei aqui...

Eu fiquei feliz com a homenagem mas eu acho que o nome "Rink" era mais "forte" que o do meu pai e por isso, pra mim, desejaram voltar às origens, porque difícil explicar o acontecido...

Garanto que muita gente em Miracema não sabe que a Quadra do Rink (nem sei se ainda existe), tem o nome dele.

Minha postagem foi motivada por três fotos da inauguração da Quadra Coberta, que achei em meus arquivos...

Bom relembrar, principalmente porque revejo minhas irmãs, Geusa e Gilza, que foram as responsáveis pela famosa foto desamarrando as fitas...












Quem sabe alguém poderia me dizer o motivo da demolição ???



Até mais.....

*********************

quarta-feira, 10 de junho de 2015

O Lions Clube de Quatro Marcos fez 35 anos (II)


Mais fotos.....




A primeira foto mostra eu e o Dr Gimenez - secretário - em uma de nossas reuniões ainda no Centro Comunitário.
Depois a Prefeitura de Quatro Marcos, comandada pelo Prefeito Antonio Alvarez (primeiro prefeito do município) alugou uma casa na Av.Sergipe, colada ao Centro Comunitário, e nos cedeu uma sala onde faziamos nossas reuniões. Depois nos mudamos para a rua 15 de junho (segunda foto) até que construimos a sede onde funciona hoje o Clube...








Estas aí mostram:

A primeira, eu recebendo das mãos do Governador do Lions da época, a Carta Constitutiva, que sacramentava a existência do Clube, em 04 de abril de 1981....

A segunda: uma panorâmica da mesa principal da solenidade, no Centro Comunitário...



E pra encerrar, por hoje, a placa que mandamos confeccionar para colocar na entrada da cidade....
Devo esclarecer que foi pintada pelo excelente pintor Marcelo, que infelizmente também já é falecido, e que juntamente com o seu amigo João (João & Marcelo Pintores), criaram o brasão do município (onde também dei um pitaco. hehehehe).


O Lions Clube de Quatro Marcos fez 35 anos (I)


Em 07 de junho de 1980, portanto há 35 anos, foi fundado o Lions Clube de Quatro Marcos....

Eu tive a honra de ser o primeiro Presidente... o Presidente da Fundação do Clube...

Foram seis anos  de minha vida dedicados a uma causa nobre... SERVIR... lema principal deste Clube de Serviço... de 1980 a 1986, quando deixei o Clube e logo no ano seguinte assumia outro desafio... presidir o Indaiá Clube.

Quatro Marcos era novinha.... 13 anos de idade... nem um ano de emancipada... hehehehehe...

Durante este tempo em que estive por lá, juntamente com diversos amigos de fé e muita perseverança... trabalhamos duro... construímos uma sede... participamos de ações cívicas, que sempre ficava a cargo do meu grande amigo Dr.Luiz Amilton Gimenez.... ajudamos a Prefeitura na realização de recepções de visitantes ilustres... e claro, atuando com vontade na parte social, com a montagem da primeira creche do município que contava com distribuição gratuita de leite em pó... e funcionava como um pequeno Jardim de Infância, já que tinhamos professora contratada... cozinheiras que cuidavam da alimentação da molecada... Dna Dulce, mão da Creuza, na frente... a parte da saúde a cargo de meu Laboratório e do Dr. Gimenez...

Seu Nenê Lima, baluarte, cuidava daquelas crianças como se fossem filhos dele...

De vez em quando me ligava:

 - Dr. tem um moleque aqui com febre, etc...

Aí a gente pegava a criança... Dr. Gimenez examinava... se ela necessitasse de exames laboratoriais eu fazia... claro que tudo gratuitamente... o prazer de poder ajudar nos pagava...

Fizemos o lançamento da bandeira do município... que eu desenhei...uma outra história que tenho que contar aqui ainda... organizamos vários desfiles escolares... tínhamos uma fanfarra (se não me engano a primeira que existiu por aqui) sob a batuta do Prof. José Lessi...

No Natal a distribuição de brinquedos era praxe... vejam aqui

Ajudamos com promoções, a equipe de Atletismo do Professor Aristides Junqueira a alcançar as Olimpíadas.... vejam aqui

Fizemos muito... e temos orgulho disso....

Pena que muitos daqueles companheiros já se foram... outros "sumiram"... nunca mais ouvi falar...

Mas tem um aqui pertinho que está sempre falando do Lions... Dr.Gimenez...
Hoje mesmo ele me ligou falando sobre o aniversário do Clube e eu disse a ele que estava devendo uma postagem sobre o Lions e que iria iniciar hoje...

Peguei, ano passado, muitas fotografias com os atuais dirigentes, que foram gentis em cedê-las e, a partir de hoje, começarei a publicá-las, enquanto o tempo ajudar, e tentar mostrar a vocês, em fotos, o que é este Clube de Serviço com tanto trabalho comunitário realizado...

Algumas fotos para começar....

Onde funciona hoje a Prefeitura Municipal, em 1980 era o restaurante do Camarero... Foi ali que realizamos a primeira reunião para a fundação do Lions, em 1980....

Vocês podem ver nestas 3 fotos, como muitos já morreram : Seu Neném Lima, o Nilton da Farmácia, o Elsio do Escritório, o Zé Valverde, a Dna Paula Alvarez, o Zé Paes, o Célio Agnezini, o Aneir Ferreira, o Dr. Osvaldo Alvarez e outros que eu não sei,

Muitos se foram e nunca mais eu vi como Pedrinho da Antártica, o Joaquim Castrillon, o Washington Gélio, o João Rondon, o Zé do Óculos, o Jorge da Farmácia, o Paulo Atair de Cáceres, o Dr Rafael de Cáceres, o Dr Augusto Cardoso, irmão do Dr Guilherme Cardoso. Outro que não vejo há tempos é o Donizete Aguilera...

Cliquem nas imagens e ajudem aí.... hehehehehehe 





quarta-feira, 13 de maio de 2015

Faroeste caboclo


Cheguei há pouco em casa.... fui fazer um cafezinho para esperar a Tatiana que está trabalhando.... liguei a TV e coloquei na Globo FM, pra mim, uma das melhores rádios de Brasil....


E aí tocou isto que estou colocando aqui e me deixou a pensar como faz falta hoje em dia a gente ver/ouvir na mídia músicas que nos faz pensar sobre os problemas cotidianos... boas letras... não este monte de merdas que a gente ouve/vê diariamente no rádio e na TV... hehehehe


Lembrei-me na hora dos debates sobre maioridade penal, com aqueles que são a favor da redução batendo duro no "bandido bom é bandido morto", aqueles que são contra (entre eles eu) dizendo que não irá resolver como aconteceu em alguns países como Espanha e Alemanha (vejam aqui) e que o problema é na base... no início da vida...


Eu me lembro de ter lido em um debate, alguém argumentar que o meio não influi no desenvolvimento do indivíduo, como se um bebê já nascesse com "sangue nos olhos"... E me parece que tem muita gente que acredita nisso...


Eu acho que, mudando o meio, através de educação de qualidade ao alcance de todos (principalmente), assim como melhorar as oportunidades para cada um, diminuiria bastante a violência... A Suécia é um exemplo disso (leiam aqui)


E, mesmo assim, ainda haveria gente ruim, mas, eu acho, diminuiria bastante...


O problema é complexo... porque hoje... algum tipo de punição tem que existir, claro,  mas também, como diz a letra, às vezes alguns jovens poderiam ser recuperados....


Será ???  


A letra, pra mim, é perfeita, mostra até a luta interna do João de Santo Cristo em certos momentos, em se recuperar....


Fica a critério de cada um o julgamento.... A letra é longa, tem gente, hoje em dia, que tem preguiça de ler.... mas está aí... hehehehehe


Renato Russo "matou a pau"... e terminou com um....


"Ele queria era falar com o presidente... 
Pra ajudar toda essa gente que só faz sofrer!"

Esta música foi lançada em janeiro 1987... o salário mínimo era Cz$. 964,80.... era do cruzado..... inflação de 16,8% AO MÊS... Sarney era Presidente... inicio da hiperinflação que assolou nosso País naquela época... 
Santo Cristo ganhava "cem mil por mês"... quase 104 SMs... hehehehehehe